INÍCIO DO 2º SEMESTRE NA REDE MUNICIPAL DE ENSINO

O segundo semestre letivo iniciou a todo vapor na Educação. Hoje, 31/07, a Secretaria Municipal da Educação promoveu, por meio do seu canal no Youtube, a Live Pedagógica “Os desafios de manter a saúde mental”, ministrada pela Dra. Rafaela Proto. Em clima de ESPERANÇA de dias melhores, a SME sensibilizou a todos que acompanharam a transmissão.

Segundo a Secretária da Educação, Simone Araújo, manter a saúde mental, neste cenário de pandemia que estamos inseridos, é um desafio. “Sendo assim, promover momentos de formação como este é, sem dúvidas, uma estratégia de contribuir para o bem-estar social das pessoas”.

A Secretária da Educação informa, ainda, que as aulas, na Rede Municipal de Itumbiara/GO, continuarão, a partir de segunda-feira, 03/08, no Regime Especial de Aulas Não Presenciais (REANP), atendendo às determinações da área da saúde e zelando pela vida de alunos e servidores.

CURSO DE VENTILAÇÃO MECÂNICA PARAMENTAÇÃO E DESPARAMENTAÇÃO

Foi realizado neste mês de julho(13/07), o curso de Ventilação Mecânica Paramentação e Desparamentação. Um treinamento muito importante nesse momento de pandemia pelo COVID-19.

O curso foi realizado pela Secretaria Municipal de Saúde através da APS – Atenção Primária de Saúde e EPS – Educação Permanente em Saúde, em parceria com a Faculdade de Medicina da IMEPAC de Itumbiara.

Foram capacitados 19 profissionais de saúde. O público-alvo foram os médicos, enfermeiros e fisioterapeutas do SUS. O curso foi ministrado pelo Dr. Alex Miranda Rodrigues, coordenador do curso de medicina de Itumbiara e o Dr. Paulo Henrique, professor da faculdade IMEPAC.

O Objetivo do curso foi alcançado pelos profissionais que demostraram muito interesse, e avaliaram como excelente o aprendizado. Segundo os profissionais, o conhecimento e o treinamento adquiridos com certeza irão impactar positivamente muitas vidas de pacientes no SUS do município e região.

A Secretaria de Saúde agradece toda equipe da IMEPAC. Esta é a proposta da EPS-Educação Permanente em Saúde, uma ferramenta de gestão que conta com produção de conhecimento na instituição de saúde, onde o aprender e o ensinar se incorporam ao cotidiano no trabalho. A metodologia da EPS, baseia-se na aprendizagem significativa e na possibilidade de transformar as práticas profissionais, realizada a partir dos problemas enfrentados levando em consideração os conhecimentos e as experiências do dia-a-dia.

ARQUIVO MUNICIPAL DE DOCUMENTOS FOI TOTALMENTE REESTRUTURADO

O Arquivo Municipal de Documentos da Prefeitura de Itumbiara, foi totalmente reestruturado. Conhecido como almoxarifado internamente, o acervo abriga documentos originários da época da fundação do município, passando pelo desenvolvimento da cidade, documentos de áreas públicas, projetos urbanísticos, até arquivos atuais, que ajudam a contar a história administrativa de Itumbiara.
.
O local foi informatizado, ganhando um sistema para facilitar a busca dos documentos. As pastas são divididas por ano e datas específicas, tudo muito bem separado em enormes prateleiras, enfileiradas e enumeradas, garantindo a organização dos arquivos e a conservação dos materiais.
.
Segundo o Secretário de Administração e Recursos Humanos, Adriano Martins, o ambiente agora está padronizado para ser verdadeiramente um acervo. “O local agora está muito bem organizado, foi um trabalho minucioso para separar tudo da maneira correta. Com esse ambiente arejado e informatizado, com o controle constante de um servidor, o arquivo é uma rica contribuição para a preservação da história da nossa cidade e fonte de pesquisa para os órgãos da administração municipal”, completou.

DESCARTE CORRETO DAS MÁSCARAS

Com a pandemia do novo coronavírus (Covid-19), são constantes as recomendações para o uso de materiais de proteção e a higienização das mãos com sabão e álcool em gel. Tão importante quanto a utilização de luvas e máscaras nesse período é também o descarte adequado do material não-reutilizável a fim de evitar a contaminação dos profissionais de limpeza urbana (garis e coletores de recicláveis) e daqueles que manipulam o lixo doméstico. Dessa forma, a Agência Municipal do Meio Ambiente de Itumbiara (AMMAI) recomenda os seguintes cuidados:
1. Não descartar luvas e máscaras nas ruas, logradouros públicos, ou em recipientes de coleta urbana;
2. Não misturar com os resíduos recicláveis que são enviados à coleta seletiva;
3. O descarte de luvas e máscaras deverá ser feito em sacos separados, devidamente fechados e encaminhados para coleta domiciliar normal;
4. Nos domicílios em que há casos suspeitos ou confirmados de COVID-19, deve-se usar sacos duplos, fechados com lacre ou nó, com até dois terços de sua capacidade preenchida;
5. Se o cidadão contaminado ou em suspeita estiver em isolamento em condomínio, recomenda-se avisar o síndico que deverá orientar os funcionários responsáveis pelo recolhimento de resíduos do condomínio.
Fique atento proteja você e o próximo!
saiba mais pelo número (64) 3433 – 0316

OITO CAVALOS CAPTURADOS PELA UVZ NA MESMA DENÚNCIA

Na última sexta-feira(24/07), a equipe da UVZ se deslocou para a  avenida Modesto de Carvalho. A denúncia era de que 15 cavalos estavam soltos na rua e teriam provocado um acidente envolvendo moto. Chegando ao local os fiscais não presenciaram a movimentação do acidente de trânsito, mas conseguiram capturar 8 cavalos que estavam na pista, os demais fugiram para uma área com segurança. Os capturados foram conduzidos para a Unidade de Vigilância de Zoonoses, onde vão permanecer até que os donos os procurem.

De acordo com a diretora da UVZ, Fernanda Camargo, para reaver os cavalos o proprietário paga uma taxa referente ao custeio dos animais, somada dos gastos com medicamentos quando necessário. “Enquanto estiverem na unidade os cavalos serão avaliados e tratados de acordo com as necessidades de cada um. De acordo com o código sanitário do município, após 5dias, os animais poderão ser doados ou leiloados”.

A diretora informa ainda que caso sejam detectados maus tratos, é registrado um boletim de ocorrência. E quando os animais são envolvidos em acidentes o proprietário é autuado e deve arcar com as despesas.

A UVZ captura em média 25 animais por mês, em Itumbiara. As denúncias podem ser feitas pelo (64)9 9239 4111Whatsapp ou pelas redes sociais da Unidade de Vigilância de Zoonoses.

UTILIDADE PÚBLICA. INTERDIÇÃO DA PONTE AFFONSO PENNA

Nesta terça-feira, 28/07, a Ponte Affonso Penna, que dá acesso à BR 153 e a cidade de Araporã-MG, estará interditada para revitalização que será feita pelas equipes de obras e SMT. A manutenção vai acontecer das 08h às 15h. O trânsito volta ao normal após as 3 horas da tarde. A prefeitura de Itumbiara agradece pela compreensão de todos.

PREFEITURA RENOVA CONVÊNIO COM ACOLHIMENTO GENÉSIO E MILICA

AGM – Acolhimento Genésio e Milica é um Departamento da Acampi. É um Centro Dia, ou seja, recebe idosos para atividades durante o dia, sendo um local de convivência e harmonia, mas não um abrigo permanente. No local são acolhidos atualmente 56 idosos, um número positivo, visto que a entidade foi inaugurada em 2017.
O local oferece musicoterapia, massoterapia, estimulação cognitiva, bingo, artesanato, alfabetização, arte terapia, atendimentos de Psicoterapia, Fisioterapia, hidroterapia e consulta médica com geriatra.
Atualmente, por causa do isolamento social, os atendimentos e as atividades estão online e os profissionais da AGM estão sempre em contato com a família dos idosos para acompanhá-los, mesmo que à distância.
A Prefeitura de Itumbiara é parceira desse trabalho e o convênio entre a Entidade e a Prefeitura, que já existe desde 2018, foi renovado durante uma visita do Prefeito Zé Antônio e o Secretário de Administração e Recursos Humanos, Adriano Martins, que reafirmaram o compromisso social com cessão de funcionários.
Os convênios com todas as entidades filantrópicas, que prestam serviços nas mais diversas áreas sociais, resultam em um investimento de mais de R$ 11 milhões anualmente pela Prefeitura de Itumbiara, que também tem papel importante por meio da realização da Festa da Solidariedade – O Arraiá, adiado devido a pandemia.

SEIS BAIRROS JÁ RECEBERAM FORÇA TAREFA DA PREFEITURA EM JULHO

Foram 20 dias de trabalho envolvendo as equipes da Secretaria de Obras, Superintendência Municipal de Trânsito (SMT) e Ação Urbana. É o mutirão da limpeza que já contemplou seis bairros de Itumbiara neste mês de julho, sendo eles: Nossa Senhora da Saúde, Ulisses Guimarães, Dona Sinica, São João, Santa Maria e Nova Aurora.
Os bairros foram beneficiados com a operação tapa-buracos, sendo utilizadas 380 toneladas de massa asfáltica CBUQ, reparando os danos da pavimentação, o que somam 48 caminhões do produto. A roçagem também aconteceu em todos os setores, com tratores e também com as roçadeiras manuais nos canteiros centrais, praças, quadras poliesportivas e avenidas.
A limpeza de entulhos também foi completa, sendo retirado 115 caminhões de resíduos sólidos, mais de 1000 toneladas, que foram descartados no aterro sanitário.
A pintura de meio-fio deu vida nova as Avenidas São Paulo, Rio de Janeiro, Brasil, Copacabana, Brasília e Castelo Branco. Estes locais também estão recebendo sinalização horizontal e vertical, o que deve finalizar os trabalhos nestes bairros.
O trabalho vai continuar em outros bairros. Além do recapeamento feito no centro, nas ruas Leopoldo de Bulhões, Rui de Almeida, Benjamim Constante e São Vicente, a equipe segue nesta segunda quinzena para a Região Oeste da cidade. Nesta etapa os bairros beneficiados serão Vila Mutirão, Dom Veloso, Dona Marolina, Norma Gibaldi, Ladário Cardoso e Santa Helena. É a prefeitura de Itumbiara cuidando da infraestrutura da nossa cidade e do bem-estar das pessoas.

AMPARU, UM LAR DE AMOR PARA OS ANIMAIS

O Prefeito Zé Antônio e o Secretário de Administração e Recursos Humanos, Adriano Martins, visitaram a AMPARU – Associação Municipal de Proteção a Animais em situação de Rua e reafirmaram o compromisso social com a instituição, renovando o convênio que permite a cessão de servidores para atuarem junto à causa.
.
A AMPARU fornece assistência para os animais com alimentação, abrigo e tratamento de saúde. A entidade teve início há vinte e um anos, individualmente pela voluntária Meire de Souza Freire que, com o passar do tempo e aumento da demanda, ficou impossibilitada de manter e abrigar os animais em sua casa. Oficialmente a sua criação foi realizada em 2014, e o primeiro convênio com a prefeitura aconteceu em 2016, no começo da atual gestão.
.
Há onze anos, algumas colaboradoras fundaram o “Projeto Quatro Patas” com a finalidade de ajudar nas despesas com os animais abrigados pela fundadora. Já com uma demanda de cem animais, decidiu-se então formalizar esse Projeto com a criação de uma Associação e do abrigo de animais, o Canil São Lázaro, localizado em imóvel alugado no Bairro Santa Rita, em Itumbiara.
No Canil São Lázaro são abrigados cerca de 100 cães e outros animais se encontram em lares temporários por falta de espaço. O benefício mais importante que o canil proporciona, além do cuidado com os cães, é a gradual tomada de consciência de que o cuidado com os animais não deve ser responsabilidade apenas dos órgãos públicos, mas diretamente de toda comunidade, independentemente de suas diferenças.
.
Hoje, o Projeto Quatro Patas/Amparu é o único regular no município que colabora para amenizar o problema de animais abandonados, já que é entidade não governamental atuante, com registro cadastral nos órgãos federais, estaduais e municipais, em especial no CRMV/GO – Conselho Regional de Medicina Veterinária.
.
Os convênios com todas as entidades filantrópicas, que prestam serviços nas mais diversas áreas sociais, resultam em um investimento de mais de R$ 11 milhões anualmente pela Prefeitura de Itumbiara.

PLANO MOBILIDADE URBANA

Aconteceu nesta quarta-feira, dia 22 de julho, mais uma reunião sobre o Plano de Mobilidade Urbana que está sendo elaborado para implantação em Itumbiara. Representantes de setores da Prefeitura como Secretaria de Obras, AMMAI, Habitação, Planejamento e SMT, marcaram presença.

O assunto principal, desta vez, foi a gestão pública e as políticas urbanas municipais para execução do Plano de Mobilidade.
Planejamento, revisão dos planos e programas municipais, propostas, estratégias e incentivos aos transportes ativos (a pé e bicicleta), estacionamento público, transporte coletivo e um trânsito mais seguro. O objetivo da conversa foi esclarecer e entender a gestão integrada e democrática da mobilidade urbana e elencar propostas.

Entre as sugestões apresentadas, está a possibilidade de a Prefeitura conseguir levar e oferecer serviços públicos para os bairros e incentivar o setor privado a fazer o mesmo, com lojas e bancos. A ideia é fortalecer as regiões mais afastadas e consequentemente tirar a concentração do centro da cidade, onde estão a maioria dos serviços atualmente, resolvendo problemas como tráfego de veículos lento, tempo de viagem, falta de estacionamento e etc.

Para a elaboração do Plano de Mobilidade Urbana foi contratada uma empresa que está encarregada de fazer estudos detalhados na cidade, a m.urb Engenharia, que já realizou audiências públicas para ouvir os anseios da população, com críticas e sugestões. Todo o trabalho está sendo acompanhado por um engenheiro de trânsito e também por outros profissionais capacitados.

O estudo é amplo e inclui otimização do transporte coletivo, pontos críticos e gargalos no trânsito, intervenções para evitar atritos no trânsito, pensando também nas pessoas com mobilidade reduzida, entre outros. O Plano avalia as condições atuais e indica alternativas para os próximos anos, considerando o crescimento do município.

Outros encontros vão acontecer até o momento de entregar a versão definitiva do Plano de Mobilidade pra Itumbiara. De acordo com o Engenheiro de trânsito, Taiman Moreno Gois, ações de conscientização e fiscalização, e a parceria entre Prefeitura, empresários, lojistas e comunidade podem facilitar a implementação das propostas levantadas. “Alguns projetos a serem apresentados nos próximos encontros podem ser executados em curto prazo e a um custo baixo para o município”.