UTILIDADE PÚBLICA. INTERDIÇÃO DA PONTE AFFONSO PENNA

Nesta terça-feira, 28/07, a Ponte Affonso Penna, que dá acesso à BR 153 e a cidade de Araporã-MG, estará interditada para revitalização que será feita pelas equipes de obras e SMT. A manutenção vai acontecer das 08h às 15h. O trânsito volta ao normal após as 3 horas da tarde. A prefeitura de Itumbiara agradece pela compreensão de todos.

PLANO MOBILIDADE URBANA

Aconteceu nesta quarta-feira, dia 22 de julho, mais uma reunião sobre o Plano de Mobilidade Urbana que está sendo elaborado para implantação em Itumbiara. Representantes de setores da Prefeitura como Secretaria de Obras, AMMAI, Habitação, Planejamento e SMT, marcaram presença.

O assunto principal, desta vez, foi a gestão pública e as políticas urbanas municipais para execução do Plano de Mobilidade.
Planejamento, revisão dos planos e programas municipais, propostas, estratégias e incentivos aos transportes ativos (a pé e bicicleta), estacionamento público, transporte coletivo e um trânsito mais seguro. O objetivo da conversa foi esclarecer e entender a gestão integrada e democrática da mobilidade urbana e elencar propostas.

Entre as sugestões apresentadas, está a possibilidade de a Prefeitura conseguir levar e oferecer serviços públicos para os bairros e incentivar o setor privado a fazer o mesmo, com lojas e bancos. A ideia é fortalecer as regiões mais afastadas e consequentemente tirar a concentração do centro da cidade, onde estão a maioria dos serviços atualmente, resolvendo problemas como tráfego de veículos lento, tempo de viagem, falta de estacionamento e etc.

Para a elaboração do Plano de Mobilidade Urbana foi contratada uma empresa que está encarregada de fazer estudos detalhados na cidade, a m.urb Engenharia, que já realizou audiências públicas para ouvir os anseios da população, com críticas e sugestões. Todo o trabalho está sendo acompanhado por um engenheiro de trânsito e também por outros profissionais capacitados.

O estudo é amplo e inclui otimização do transporte coletivo, pontos críticos e gargalos no trânsito, intervenções para evitar atritos no trânsito, pensando também nas pessoas com mobilidade reduzida, entre outros. O Plano avalia as condições atuais e indica alternativas para os próximos anos, considerando o crescimento do município.

Outros encontros vão acontecer até o momento de entregar a versão definitiva do Plano de Mobilidade pra Itumbiara. De acordo com o Engenheiro de trânsito, Taiman Moreno Gois, ações de conscientização e fiscalização, e a parceria entre Prefeitura, empresários, lojistas e comunidade podem facilitar a implementação das propostas levantadas. “Alguns projetos a serem apresentados nos próximos encontros podem ser executados em curto prazo e a um custo baixo para o município”.

 

RUAS SINALIZADAS. MAIS SEGURANÇA DO TRÂNSITO

Nas últimas semanas, a Superintendência Municipal de Trânsito intensificou o trabalho de sinalização horizontal e vertical, além da manutenção de semáforos nas ruas de Itumbiara.

Um trabalho que é de fundamental importância para os condutores e pedestres que trafegam em nossas ruas e avenidas diariamente. O trabalho começou pelo Centro e será estendido a todos os bairros da nossa cidade. O trabalho está acontecendo dentro de um planejamento e grande parte do serviço realizado no período noturno, horário de menor movimentação de veículos.

De acordo com o responsável pela SMT, Dênio Servato, a determinação é que todas as ruas possam receber faixas de pedestres, placas indicativas e de orientação, e toda a sinalização necessária para um trânsito mais seguro.

 

VISTORIA TRANSPORTE ESCOLAR

Em Itumbiara são mais de 70 vans fazendo o transporte de estudantes. Os veículos são autorizados a fazer esse tipo de trabalho se estiverem cadastrados na SMT e cumprir todos os requisitos exigidos. O motorista precisa ter CNH categoria D ou E; curso escolar averbado; certidão negativa criminal; relação atualizada dos alunos transportados; apresentar certificado de aferição e lacre do tacógrafo emitido pelo INMETRO; pintura de faixa horizontal na cor amarela no veículo; dístico ESCOLAR na cor preta; limitadores de abertura dos vidros; dispositivo para quebra ou remoção de vidros em caso de acidente; extintor de incêndio, cintos e todos os equipamentos de segurança; entre outros.

Para garantir que todos os itens estão de acordo com as normas, os veículos passam por vistoria 2 vezes por ano na SMT. E a equipe da Superintendência Municipal de Trânsito atua na revisão e fiscalização do Transporte Escolar Privado durante todo o ano, para assegurar boa qualidade na prestação desse serviço e a segurança dos alunos.