APLICATIVO DADOS DO BEM EM ITUMBIARA

Itumbiara agora faz parte da rede Dados do Bem, um aplicativo que com base nas suas respostas faz a triagem dos sintomas do covid-19. Quem se enquadrar nos sintomas receberá o convite para realizar o teste do Coronavírus.

É só baixar o aplicativo Dados do Bem no celular, fazer o cadastro com nome, endereço, CPF e localização, e responder perguntas de autoavaliação. Caso seja necessário, a pessoa receberá um QRCode no celular, que dá o direito de fazer o teste em uma unidade básica de saúde.

Caso o usuário do aplicativo seja diagnosticado com Covid-19, as pessoas que o positivo teve contato, receberão o convite para também fazerem o teste. Desta forma, o rastreamento dos contaminados será mais eficaz, permitindo identificar com maior precisão como está a propagação do vírus em cada cidade goiana.

INFORMAÇÕES GOVERNO DO ESTADO

A princípio, a adesão ao Dados do Bem poderá ser feita por 78 municípios, entre os que têm o maior percentual de contaminação e as cidades turísticas. A escolha foi determinada por critérios técnicos elaborados pela Secretaria de Estado da Saúde (SES-GO), por meio da Superintendência de Vigilância em Saúde (Suvisa), em parceria com a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz). Essas mesmas cidades receberão equipamentos para testagem em massa. A ação ocorre por meio de um convênio firmado com o Instituto Butantan, de São Paulo, e o Programa Todos Pela Saúde, do Banco Itaú, em parceria com outros órgãos.

Com as informações sobre locais e regiões com maior índice de contaminação, o isolamento social será mais específico. Antes, a quarentena deveria ser para todas as pessoas. Agora, com o app, a expectativa é de que o isolamento seja apenas para os que realmente estão diagnosticados ou têm grande risco de contaminação.

A tecnologia foi desenvolvida pelo Instituto D’Or de Pesquisa e Ensino, em parceria com a Zoox Smart Data, e doada para auxiliar no combate ao novo coronavírus.

A FROTA DA SAÚDE ESTÁ RECEBENDO REFORÇO COM 3 NOVOS VEÍCULOS

Nesta segunda-feira, 10 de agosto, a Prefeitura de Itumbiara entrega 3 novos veículos para a Secretaria Municipal de Saúde. Eles chegam para reforçar o transporte de pacientes. São veículos adquiridos através de emenda parlamentar da ex-senadora Lucia Vânia e indicação do vereador Daniel Borges.

São dois micro-ônibus, que vão transportar pacientes diariamente à Goiânia e Barretos. E o outro veículo que chega, para aumentar a frota, é uma ambulância zero km que será disponibilizada para transportar pacientes dentro da cidade e também para a capital ou outros municípios, caso necessário.

Veículos novos e completos que vão dar mais segurança e conforto aos usuários. Os veículos ficaram expostos, durante todo o dia, no calçadão da avenida Beira Rio, em frente a rotatória.

É a prefeitura de Itumbiara cuidando da saúde da população da nossa cidade.

 

CURSO DE VENTILAÇÃO MECÂNICA PARAMENTAÇÃO E DESPARAMENTAÇÃO

Foi realizado neste mês de julho(13/07), o curso de Ventilação Mecânica Paramentação e Desparamentação. Um treinamento muito importante nesse momento de pandemia pelo COVID-19.

O curso foi realizado pela Secretaria Municipal de Saúde através da APS – Atenção Primária de Saúde e EPS – Educação Permanente em Saúde, em parceria com a Faculdade de Medicina da IMEPAC de Itumbiara.

Foram capacitados 19 profissionais de saúde. O público-alvo foram os médicos, enfermeiros e fisioterapeutas do SUS. O curso foi ministrado pelo Dr. Alex Miranda Rodrigues, coordenador do curso de medicina de Itumbiara e o Dr. Paulo Henrique, professor da faculdade IMEPAC.

O Objetivo do curso foi alcançado pelos profissionais que demostraram muito interesse, e avaliaram como excelente o aprendizado. Segundo os profissionais, o conhecimento e o treinamento adquiridos com certeza irão impactar positivamente muitas vidas de pacientes no SUS do município e região.

A Secretaria de Saúde agradece toda equipe da IMEPAC. Esta é a proposta da EPS-Educação Permanente em Saúde, uma ferramenta de gestão que conta com produção de conhecimento na instituição de saúde, onde o aprender e o ensinar se incorporam ao cotidiano no trabalho. A metodologia da EPS, baseia-se na aprendizagem significativa e na possibilidade de transformar as práticas profissionais, realizada a partir dos problemas enfrentados levando em consideração os conhecimentos e as experiências do dia-a-dia.

DESCARTE CORRETO DAS MÁSCARAS

Com a pandemia do novo coronavírus (Covid-19), são constantes as recomendações para o uso de materiais de proteção e a higienização das mãos com sabão e álcool em gel. Tão importante quanto a utilização de luvas e máscaras nesse período é também o descarte adequado do material não-reutilizável a fim de evitar a contaminação dos profissionais de limpeza urbana (garis e coletores de recicláveis) e daqueles que manipulam o lixo doméstico. Dessa forma, a Agência Municipal do Meio Ambiente de Itumbiara (AMMAI) recomenda os seguintes cuidados:
1. Não descartar luvas e máscaras nas ruas, logradouros públicos, ou em recipientes de coleta urbana;
2. Não misturar com os resíduos recicláveis que são enviados à coleta seletiva;
3. O descarte de luvas e máscaras deverá ser feito em sacos separados, devidamente fechados e encaminhados para coleta domiciliar normal;
4. Nos domicílios em que há casos suspeitos ou confirmados de COVID-19, deve-se usar sacos duplos, fechados com lacre ou nó, com até dois terços de sua capacidade preenchida;
5. Se o cidadão contaminado ou em suspeita estiver em isolamento em condomínio, recomenda-se avisar o síndico que deverá orientar os funcionários responsáveis pelo recolhimento de resíduos do condomínio.
Fique atento proteja você e o próximo!
saiba mais pelo número (64) 3433 – 0316

NOS AJUDE NESSA LUTA CONTRA O COVID-19

Estamos vivendo um momento inédito e muito difícil. As decisões estão sendo tomadas para preservar os empregos, o sustento das famílias, mas também a saúde e a qualidade de vida.
.
Por isso lembramos você que a melhor forma de tratamento para o COVID-19 é a prevenção. Tenha responsabilidade, evite aglomerações, pratique o distanciamento social, higiene sempre as mãos, use máscara sempre que for preciso sair de casa.
.
A sua consciência nesse momento é a principal arma contra essa pandemia. Proteja sua vida e a da sua família. A prevenção é um ato de amor.

VACINAÇÃO ANTIRRÁBICA PARA ZONA RURAL

Na próxima segunda-feira(27/07), as equipes da UVZ – Unidade de Vigilância de Zoonoses começam a percorrer toda a zona rural de Itumbiara, realizando a campanha de vacinação contra a raiva animal.
A expectativa é vacinar aproximadamente 2 mil cães e gatos. Lembrando que nessa primeira etapa da campanha as vacinas estarão disponíveis apenas para os animais da zona rural.
É importante que os responsáveis fiquem de olho, pois a raiva animal é uma doença grave e pode levar à morte. Nos últimos 2 meses foram registrados dois óbitos no Brasil e a vacinação é muito importante para manter a boa saúde dos animais e também dos seus tutores.
A segunda etapa da Campanha de Vacinação Antirrábica será na área urbana e está programada para acontecer no mês de agosto, nos bairros da cidade e de forma fracionada, sem dia D, pra evitar aglomerações.
Entre em contato com o Centro de Zoonoses para mais informações:
(64) 9 9239-4111 – WhatsApp

UNIVERSITÁRIOS POR ITUMBIARA

O projeto UNIVERSITÁRIOS POR ITUMBIARA veio para somar forças no enfrentamento ao COVID-19. Com o início de suas atividades na última semana de junho, o grupo já visitou mais de 160 estabelecimentos comerciais, nas principais vias de nossa cidade.
Os estudantes, que atuam de forma voluntária, estão dedicados e focados, trazendo informações técnicas e seguras sobre formas de prevenção, higiene, identificação de sintomas, orientando nossa população sobre cuidados para a não disseminação do novo coronavírus, com atitudes como uso correto das máscaras e distanciamento social.
Nossa gratidão a esses jovens, futuros profissionais de saúde, que estão tão engajados nessa causa social, contribuição contribuindo com seu conhecimento nesse momento tão atípico. Apenas com a união e conscientização de todos conseguiremos vencer essa pandemia.

PLANTÃO COVID-19

A Prefeitura de Itumbiara disponibilizou um canal de atendimento exclusivo para tirar dúvidas e orientar a respeito do COVID-19.
Está com sintomas e não sabe qual unidade de saúde pode procurar? Tem se sentido mal e está em dúvida se pode ser corona vírus? Entre em contato com o plantão e receba orientações precisas dos profissionais da saúde.

INAUGURAÇÃO NOVO HOSPITAL SÃO MARCOS

O Hospital Regional de Itumbiara, o Novo São Marcos, foi inaugurado no dia 30 de junho, terça-feira. A data marca um novo passo na saúde pública da nossa cidade. A unidade será o 5º Hospital de Campanha em Goiás para atender pacientes do Novo Coronavírus e posteriormente volta a ser uma unidade hospitalar regional com atendimento ampliado. De imediato já foram entregues 70 leitos, sendo 50 de enfermaria e 20 UTI´s.
O Hospital foi Criado em 1946, como unidade hospitalar privada. No começo de 2020 passou para a responsabilidade do Estado de Goiás, que fez a inauguração no final do primeiro semestre. Na ocasião da inauguração estiveram presentes o Prefeito de Itumbiara, Zé Antônio, o Secretário de Saúde do Estado, Ismael Alexandrino, o Governador de Goiás, Ronaldo Caiado e diversos profissionais de saúde, os grandes heróis que atuam na linha de frente, bem como autoridades políticas e representantes de entidades classistas.
O Hospital vai atender toda à Região de Saúde Sul de Goiás, composta por 12 municípios, que são: Água Limpa, Aloândia, Bom Jesus de Goiás, Buriti Alegre, Cachoeira Dourada, Goiatuba, Gouvelândia, Inaciolândia, Joviânia, Morrinhos, Panamá e Itumbiara. Ao todo a Região Sul abriga mais de 270 mil habitantes, sendo o maior município Itumbiara, com mais de 100 mil habitantes.

TESTAGEM DE LEISHMANIOSE EM CÃES DE SANTA ROSA DO MEIA PONTE

Nesta terça-feira(30/06) uma equipe da UVZ – Unidade de Vigilância de Zoonoses realizou a testagem de leishmaniose canina em 20% dos animais do Distrito de Santa Rosa do Meia Ponte.

O objetivo é investigar e monitorar, através de testes sorológicos, a presença de cães portadores de leishmaniose visceral. O diagnóstico é confirmado por análises laboratoriais que detectam a presença do parasita.

A leishmaniose visceral é causada por um protozoário e transmitida por mosquitos conhecidos como flebotomineos. Em muitos casos a doença é assintomática e por isso não diagnosticada, colocando em risco as pessoas que têm contato com o animal doente.

O risco de transmissão do cão para o ser humano é pequeno e quando é transmitido a percentagem de cura é superior a 95%. Mas a diretora da UVZ, Fernanda Camargo, afirma que a zoonose precisa de atenção pelo risco de evolução para óbito e o estado de Goiás tem apresentado muitos casos em animais, tanto na capital como no interior.

A prevenção consiste em impedir a picada do mosquito com aplicação de insecticida na forma de coleira ou pulverização e rastreios regulares, e evitando a proliferação do mosquito que se reproduz em solo úmido com matéria orgânica (restos de comida) principalmente com fezes de galinhas.