CORONAVÍRUS EM GOIÁS E A CAPACITAÇÃO PARA PROFISSIONAIS DE ITUMBIARA

O governador de Goiás, Ronaldo Caiado (DEM), informou nesta quinta-feira (12-03) que o estado tem os três primeiros casos confirmados do Coronavírus, sendo um em Rio Verde de uma mulher de 61 anos que esteve recentemente na Espanha e dois em Goiânia, também duas mulheres, uma de 31 e outra de 38 anos que viajaram respectivamente para os EUA e para a Itália. Os exames foram feitos na capital pelo Laboratório de Saúde Pública Dr. Giovanni Cysneiros (Lacen/GO). Os casos estão sendo monitorados e vão cumprir quarentena em casa.
O Governo anunciou ainda na quinta um plano de contingência com uma série de medidas para evitar o avanço da doença no estado. E que Goiás deve contar com R$ 14 milhões em recursos para o plano de contingenciamento da doença. Uma medida importante foi a disponibilização de 222 leitos do Hospital do Servidor (IPASGO) especialmente para infectados com o Covid-19.

Capacitação dos profissionais em Itumbiara

Felizmente Itumbiara não possui até o momento nenhum caso confirmado de infecção pelo Covid-19. A Secretaria Municipal de Saúde trabalha desde o começo de março com o treinamento e capacitação dos funcionários da saúde (hospital, Cais, Nabs, UPA e ESF). Estão participando os profissionais de nível fundamental, médio e superior(porteiros, serviços gerais, maqueiros, técnicos de enfermagem, enfermeiros, farmacêuticos, médicos e demais servidores). A equipe da Vigilância Epidemiológica está ministrando a capacitação em vários turnos e horários para atingir o maior número de pessoas possível.
Segundo a Secretária Municipal de Saúde, Maricel Abdala, a capacitação é imprescindível em casos de possibilidade de epidemias e afirmou que a equipe trabalha para ter o maior número de informações possíveis, lembrando que felizmente ainda não temos nenhum caso em Itumbiara e desejou que continuemos assim, livre do Coronavírus.

Orientação em Goiás

O secretário Estadual de Saúde classificou eventos com mais de 100 pessoas como de grande porte e devem ser cancelados durante o decreto de emergência em saúde pública. A rotina dos servidores públicos também deve ser alterada, com o escalonamento dos horários para evitar aglomerações nos órgãos públicos e diminuir o fluxo no transporte coletivo. As torcidas em estádios de futebol a partir de hoje também ficam banidas em Goiás. O momento não é de pânico, mas sim de prevenção.
Como forma de prevenção as pessoas evitem até mesmo o aperto de mãos, abraços e beijos no cumprimento. As instruções são repassadas por profissionais do setor de infectologia. Ações simples como lavar bem as mãos e sempre higienizá-las com álcool em gel também são eficazes. Na hora de espirrar sempre proteger com lenço de papel ou usar o braço, nunca com as mãos.